segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Fala ai Esme!!



A nossa linda Bailoca Esmeralda esteve no Espírito Santo nos dias 03 e 04 de Janeiro e abrimos o ano com uma lindo Show no Studio de Dança Rosaira Conrado e WorkShop na Academia Rsport com o tema Projeto DanceEsmeralda. 


Depois de muita festa e aula, Esmeralda concedeu ao blog uma excelente entrevista onde podemos conhecer um pouco mais da vida pessoal, seu lado consumista e a bailarina.




Então...Fala ai Esme!!

      Falando um pouco do pessoal.
Não sai de casa sem..Não saio de casa sem estar montada (produzida)
Abre um sorriso quando: Quando vejo minha mãe
Uma música: Stay You da banda WOOD
O livro: Qualquer um irlandês
Festa  boa tem: Run
Um lugar em Sampa: Minha casa
Nos conte algo que você gosta de ver ou fazer que se contasse ninguém acreditaria: Bom... eu não sei se é difícil de acreditar, mas uma coisa que eu gosto de ver são vídeos sensoriais ASMR que acalmam, depois de uma semana corrida  eu começo a ouvir eu vou me acalmando, eu gosto muito.

Falando um pouco da Esme consumista
Moda é: relativa
Viagem que virou realidade: Irlanda
Sua melhor compra: todos os meus sapatos da louloux
Caro, mas valeu a pena: Minha bota louloux e o perfume Sì da Giorgio Armani
Não gasta com: Não compro esmalte, mas pago a manicure que compra o esmalte (kkkk muitas risadas)
Coleção: lenços
Não perde por nada: Os desfiles da Victoria Secret’s seja a hora que for eu fico acordada eu preciso assistir.
Nem acabou e você já esta comprando outro: perfume

      Falando um pouco da Esme Bailarina
Estilo de dança que você mais gosta de assistir? Eu gosto da dança árabe em geral, mas não vou falar do estilo e sim do bailarino eu gosto muito de assistir o Yanis Marshall a maioria dos vídeos dele são Stiletto, mas ele tem outros vídeos como contemporâneo que eu gosto bastante e fico inspirada
Uma bailarina que você acompanha o trabalho? Bom eu acompanho o trabalho de várias, mais uma que eu nunca deixo de acompanhar? A Jillina. Eu acompanho o trabalho dela muito pelo conteúdo e pelo prestígio, por ela chegar aonde chegou hoje.

Um figurino inesquecível do seu guarda-roupa? Olha! Vou ter que falar desse figurino por causa da minha mãe. Eu tinha um figurino a muitos anos atrás com uma flores vermelhas uma folhas verdes, e super bem feito era gigante. Era da Malka Brasil foi um figurino que bombou eu usei durante muitos anos e minha mãe chorou quando eu vendi, ela quase me matou, ela queria colocar ele em uma moldura. Hoje eu nem sei aonde ele está, mas...esse figurino foi inesquecível.


Uma dança que já te fez chorar? Eu choro muito quando assisto ballet clássico, mas dança do ventre,  eu já chorei assistindo várias bailarinas, eu vou falar três: 1) Eu chorei muito vendo a Jade dançar IntaOmiri uma vez; 2) A Lulu dançando Listen da Beyoncé no espetáculo Magico de OZ 3) e também esse ano eu assisti o espetáculo do Studio de Dança  da Karina Galasso, a Karina fez um solo que eu me debulhei em lágrimas, não teve um intuito triste, mas ela fez um solo perfeito, _Karina seu solo foi perfeito!!
E rir? Tem um solo que vai me deixar extasiada para o resto da vida é da Amani eu assisto a anos e eu vou assistir até ficar velhinha e eu vou ter que falar da Karina Galasso de novo já faz uns dois anos ela fez uma coreografia com as alunas dela que era todas meninas, elas estavam de trancinha, lacinho, todas de rosa e eram como crianças brincando e ela fusionou isso com dança do ventre eu lembro que eu estava no júri e fiquei... (cara de extasiada) eu ri, eu bati palmas eu esqueci de escrever e depois eu fui escrever e lembro que ela pegou o primeiro lugar nesse dia.

Um encontro inesquecível? Esmeralda pensa....pensa.... e: Hoje em dia a gente trabalha muito com a internet e conhece todo mundo pela internet, conhecer pessoalmente para mim  é muito importante, mas um encontro que me deixou assim ... foi a primeira aula que eu fiz workshop com Mahmoud Reda em 2009, eu estava super emocionada e ao mesmo tempo super deslocada porque eu estava sozinha  no Egito, eu não tinha nada para fazer e fui para Egito,é... normalmente as pessoas se preparam (risos), estava acontecendo o Cairo Festival e eu fui fazer aula com Mahmoud Reda.
Uma dança inesquecível? – Tem um vídeo que eu amo de paixão da Samia Gamal, eu acho que todo mundo deveria assistir esse vídeo porque ele quebra essa dança, ela quebra muito o tabu da sexualidade em relação a dança oriental, ela esta com uma roupa provocante, porem momento nenhum ela é sexual pelo contrário ela parece um ser iluminado com toda sexualidade que ela acaba exalando. Para mim é um vídeo muito rico.


Que lugar você gostaria de se apresentar e ainda não teve um convite ou oportunidade? Eu quero ir para a China, eu quero subir em um palco da China, mas não é só a China, eu tenho extremos, eu chego a sonhar de ficar extasiada de pensar em dançar ou na Argentina ou na China por dois motivos opostos. Argentina porque ela é muito alto suficiente, é muito difícil o argentino trazer um profissional de fora porque ele tem tudo que ele precisa, igual a gente aqui no Brasil. Então eu acho que dançar na Argentina e ser aplaudida calorosamente é um dos meus sonhos. E a China ela trabalha com a dança árabe como se fosse um oscar, tem tapete vermelho, é tudo grande, é tudo LED, é tudo chick é tudo caro, então a sensação que se deve ter ao subir no palco na China é muito superstar.
Quais são os três melhores bailarinos (as) para você atualmente?  Eu tenho muitas bailarinas como referência, mas eu vou citar três bailarinas que eu vi crescer na dança e eu acho que elas são excepcionalmente boas, por mil motivos, tanto por motivos pessoais quanto motivos técnicos.
Jazira   (Polônia):          VÍDEO      Ela faz você questionar se você realmente ama a dança, sabe aquela pessoa que respira aquilo, ela gosta muito, vela dançar  pra mim é um prazer muito grande , eu poderia assistir ela dançar por horas e ela é completamente diferente do meu estilo, ela não tem nada a ver com meu estilo, mas ela me agrada.
Anmar Lammar (México) VÍDEO : eu vi a Ana começar a carreira internacional, eu vejo o que ela é hoje, ela tem um estilo completamente do meu, as vezes eu brinco com ela que ela tem um estilo completamente acelerado, mas mesmo assim...a dedicação que ela colocou para chegar no nível, para chegar  no degrau de carreira que ela está hoje é de tirar o chapéu, para mim ela é muito boa de se ver.
Jhonatan Lamma (Brasil): VÍDEO ele faz das tripas coração para atingir o nível de dança que ele quer, ele é estudioso, ele é humilde ele é incanssável . O Jhonatan ele dança a dança do ventre, porém ele mantém aquele ar assim...masculino. eu não sei, eu sou apaixanada por ele não só porque ele foi meu aluno, mas por tudo que ele vem estudando e conseguindo.

São três pessoas que estão no mercado hj que estão subindo a ladeira, a gente sobe a ladeira e nunca chega no topo, se você acha que chegou no topo, faça uma terapia porque não existe topo, existe sempre evolução, e eles estão subindo, estão subindo com vontade. Eles são exemplos. Não são os três melhores bailarinos da atualidade, mas eles podem ser.



O que você sente falta na dança? Eu sinto falta de maturidade, não é a dança que não é madura, são as pessoas.
Resumindo essa última pergunta a Esme fala longamente na entrevista onde acabamos por conversar e trocar algumas falas sobre esse tema, que alguns professores não estão falando a real situação para seus alunos.
Temos que parar de truques e encarar a realidade. O ballet tem uma linha bem mais rígida e nem por isso perde seu devido valor. A professora de dança ela não te da uma bronca ela da um direcionamento para sua dança.

Obrigado a todos que participaram e apoiaram este evento, bailarinas, alunas, o Studio de Dança Rosaira Conrado, Academia RSport e principalmente a Natália Piassi por confiar no meu trabalho e me conceder essa parceria maravilhosa!

Obrigado pela maravilhosa entrevista, foi muito bom te conhecer de pertinho, estudar, dançar e rir com você Esme! Com certeza você deixou um gostinho de quero mais.


Cupcakes Tha' Sabadini


Que 2015 seja repleto de mais eventos e dança.





Um comentário:

Thais Sabadini disse...

Ju, já pode trazer a Esme de volta? huhuuhu - Foi perfeito !